Inscrições abertas para Cursos gratuitos EaD Senac e Pronatec

O PRONATEC  permite que você continue o ano estudando de forma gratuita. O projeto tem parceria com o Governo Federal e auxilia futuros estudantes. Interessou em participar do programa? Veja mais detalhes de como funciona a seguir:

Criado em 2011 pelo Ministério da Educação (MEC), o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) é mais uma ferramenta de acesso educacional destinada aos estudantes e também aos trabalhadores brasileiros que visam alcançar grandes oportunidades na vida profissional. O programa tem como finalidade expandir e democratizar o ingresso dos jovens e adultos de baixa renda a uma educação técnica de qualidade, por meio da oferta de cursos de educação profissional e tecnológica gratuitos.

Os cursos profissionalizantes e técnicos oferecidos pelo Pronatec tem alta taxa de empregabilidade, o que torna o programa ainda mais atrativo para os estudantes que pretendem ingressar de forma rápida no mercado de trabalho. Além disso, a oferta de cursos presenciais e a distância também é mais um ponto positivo do projeto.

Pronatec como funciona?

Os cursos oferecidos pelo Pronatec são totalmente gratuitos, o programa atua em parceria com as redes federais, estaduais, distritais e municipais de educação profissional e tecnológica, com os Serviços Nacionais de Aprendizagem (SENAI, SENAC, SENAR E SENAT) e também com instituições da rede privada.

Na perspectiva de fortalecer o projeto e ampliar ainda mais o grupo de pessoas que têm acesso ao programa, foram criados subprogramas para atender as necessidades especificas de cada público, sendo eles:

Cursos Pronatec

Como o programa funciona de forma abrangente e tem o proposito de estimular e atender um grande número de pessoas, o Pronatec trabalha com duas modalidades de formação que são os cursos técnicos e a Formação Inicial e Continuada (FIC), entenda como funciona:

Cursos técnicos: a formação na educação técnica capacita o aluno com conhecimentos teóricos e práticos em atividades dos setores de produção e serviço.  A carga horária varia de 800 a 1200 horas, com duração média de um ano e meio a dois anos. Para concorrer na modalidade de curso técnico o estudante deve estar matriculado ou ter concluído o ensino médio.

Formação Inicial e Continuada: esse curso tem foco em uma formação mais específica, atuando com carga horária mínima de 160 horas, o curso é concluído em cerca de três a seis meses. O público para o qual é destinado é extenso, podendo atingir desde estudantes do ensino médio da rede pública, pessoas com deficiência até trabalhadores em processo de reabilitação profissional. A lista completa pode ser encontrada no site do Pronatec. Para concorrer na modalidade de formação inicial e continuada existe uma variação que atende desde o ensino fundamental incompleto até o ensino médio completo.

Modalidades de cursos técnicos do Pronatec

Existem três modalidades de cursos técnicos ofertados pelo Pronatec: concomitante, integrada e subsequente, entenda como funciona cada um deles:

Cursos técnicos concomitantes: são cursos para estudantes que estejam cursando o ensino médio e que tenham interesse em realizar um curso técnico ou profissionalizante pelo Pronatec. Nesse caso, os interessados devem contatar diretamente a sua instituição de ensino sinalizando o interesse, assim será orientado de como proceder.

Cursos técnicos integrados: são cursos voltados para estudantes que vão iniciar o ensino médio e querem integrar com o ensino técnico. Essa modalidade é destinada para os alunos da  Educação de Jovens e Adultos (EJA), mas os estudantes que vão iniciar o ensino médio em idade regular também podem participar. Nesse caso, os cursos são ofertados pelos Institutos Federais e escolas técnicas estaduais. Os estudantes interessados devem contatar a secretaria de educação do estado ou do município sinalizando interesse e será orientado de como proceder.

Cursos técnicos subsequentes: esses cursos são destinados para estudantes que já concluíram o ensino médio e almejam uma formação técnica. A oferta de vagas acontece por meio do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), tendo como critério de acesso a nota da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Para saber os requisitos, veja abaixo:

  • Candidatos que concluíram o ensino médio em escola da rede pública ou instituições privadas com bolsa integral;
  • Estar desempregado;
  • Não ter realizado mais de dois cursos através do Pronatec;
  • Os candidatos precisam ser estudantes do ensino médio de rede pública estadual. Pode incluir o Eja ou alunos da rede privada com o benefício da bolsa integral;
    • Pode ser beneficiado pelo governo com programas como bolsa família.
    • Possuir baixa renda familiar;
    • Ser pessoa com deficiência.

    Abaixo, veja algumas opções de cursos:

    • Assistente de Pessoal;
    • Barbeiro;
    • Cabeleireiro;
    • Consultor de Vendas;
    • Cuidador de Idosos;
    • Maquiador;
    • Técnico em Cozinha;
    • Técnico em desenho de moda;
    • Técnico em desenho industrial;
    • Técnico em Eletrônica;
    • Técnico em Enfermagem;
    • Técnico em Hemoterapia;
    • Técnico em Hospedagem;
    • Técnico em Informática;
    • Técnico em Logística;
    • Técnico em Mecânica;
    • Técnico em Mecatrônica;
    • Técnico em Processos Fotográficos;
    • Técnico em Programação e desenvolvimento de Software;
    • Técnico em Prótese Dentária;
    • Técnico em Química;
    • Técnico em Rádio e Televisão;
    • Técnico em Secretariado;
    • Técnico em Segurança do Trabalho.
    • Técnico em Web Design;

Como se inscrever no Pronatec?

Diferente dos programas do governo federal que viabiliza o acesso ao ensino superior, a inscrição Pronatec não acontece em um período único, isso porque, fica a cargo de cada instituição de ensino participante realizar a distribuição das vagas, ou seja, cada instituição adota os seus próprios critérios de inscrição.

No entanto, os interessados podem consultar as vagas disponíveis em sua região, como também receber alertas de notificação de quando houver vagas. Para isso é preciso acessar o site do Pronatec e preencher um formulário com algumas informações como dados pessoais e as opções de curso de interesse do candidato.

 

Para ver todas as opções disponíveis, entre na página do PRONATEC  e confira os detalhes, entre aqui.

Deixe um comentário