Conheça as instituições parceiras do MEC para a oferta de vagas gratuitas em Cursos Educação Profissional e Tecnológica

Senat

Cursos Online Gratuitos Sest Senat - Mais de 200 Cursos a Distância

Todos os cursos da EaD SEST SENAT e os serviços prestados pelas Unidades do SEST SENAT em todo o Brasil são gratuitos para trabalhadores do setor de transporte e seus dependentes.

Quem pode ter acesso gratuito aos cursos da EaD SEST SENAT?

– Empregados de empresas do setor de transporte e seus dependentes;
– Empregados e dirigentes de associações, sindicatos e federações do setor de transporte e seus dependentes;
– Aposentados do setor de transporte e seus dependentes;
– Usuários da comunidade e seus dependentes;
– Transportadores rodoviários autônomos e seus dependentes;
– Empregados do SEST SENAT e seus dependentes.

Quem pode ser considerado dependente?

– Cônjuge ou companheiro(a) e filhos menores de 21 anos;
– Pais e avós que comprovem dependência econômica do trabalhador;
– Enteados menores de 21 anos que comprovem dependência econômica do trabalhador;
– Menores sob tutela e guarda judicial;
– Filhos maiores de 21 anos quando declarados incapazes física e mentalmente e viverem sob a dependência econômica do profissional.

Como ter acesso à gratuidade na EaD SEST SENAT?

É necessário possuir um cadastro atualizado no SEST SENAT. Caso não tenha, o usuário poderá providenciar junto às Unidades Operacionais.

Para agilizar o seu atendimento, realize o pré-cadastro no Portal do Cliente do SEST SENAT. Preencha os seus dados pessoais e envie as versões digitalizadas dos seus documentos, em formato PDF.

Os documentos necessários variam conforme o vínculo com o setor de transporte. Clique sobre a categoria da qual você faz parte para saber mais:

– Empregados de empresas do setor de transporte e seus dependentes
– Empregados e dirigentes de associações, sindicatos e federações do setor de transporte e seus dependentes
– Aposentados do setor de transporte e seus dependentes
– Transportador rodoviário autônomo e seus dependentes

Atenção: é necessário que o trabalhador autônomo ou a empresa onde o profissional trabalha contribua para o SEST SENAT.

Deixe um comentário